Conheça as tendências de cores para 2017

07:31

A cor não é visual, ela entra através dos nossos olhos e atinge uma pequena parte do nosso cérebro que nos faz gostar ou não daquela cor ou ambiente. É um elemento completamente sensorial. Referência na área, a presidente do Comitê Brasileiro de Cores (CBC), Elizabeth Wey, participa este ano da 10ª edição da Feitintas, realiada pelo Sitivesp. Realizada de 21 a 24 de setembro, com a exposição Uma Viagem Pela Cor, para apresentar as inspirações e tendências de cores para 2017.
O CBC tem como objetivo fundamental a pesquisa e aplicações de cores à produção industrial brasileira e é composto por 30 especialistas que fazem um panorama nacional e internacional para chegar às cores tendências do momento, apresentadas através da Cartela de Cores CECAL. Para 2017, perfis de comportamento foram traçados para definir as tendências de cores e o que a sociedade deseja nos dias atuais. São três grupos de pessoas:

Exiba imagens para confirmar leitura

TRANSFORMAÇÃO: pessoas que sonham, possuem um mundo de fantasias muito desenvolvido. São pessoas românticas, que vivem com seus pais por muito tempo e não querem deixar de estudar. O perfil de cores para este público é caracterizado como cores líquidas, que variam entre o azul e o rosa, fluidas como a aquarela, dando um efeito sombré. 
 SOLARIZAÇÃO: são pessoas preocupadas com o meio ambiente, esportistas, que gostam de aventuras e se interessam por carros grandes e rústicos. A tendência de cores para este público é o laranja, amarelo, vermelho, cobre, tons de areia. Cores que tem a ver com essa naturalização.
EXPANSÃO: uma turma ligada a tecnologia, antenados na internet rápida, na praticidade do dia a dia, no computador mais sofisticado; são pessoas intelectualizadas que não compram qualquer coisa e que preferem ter poucos itens, porém de qualidade. Os tons desse grupo são prata, aço, preto, sempre com toques de vermelho ou azul marinho.
Essas tendências serão apresentadas na Feitintas, através da aplicação em diferentes tipos de matéria prima, incluindo madeiras, aço, metal e até mesmo tecidos e carros.

Confira também

Comentários
0 Comentários

0 comentários